Professores bloqueados por despiste na autoestrada

Posted by

Professores

Dezenas de autocarros que transportavam professores para a manifestação que está a decorrer hoje em Lisboa ficaram parados várias horas na autoestrada do norte (A1) por causa de um despiste com um veículo pesado, segundo fonte sindical.

“Dos 150 autocarros que partiram de manhã de vários pontos do país, muitos deles de Coimbra, em direção a Lisboa, cerca de cem estiveram retidos”, disse Ana Paula Pires, do Sindicato de Professores da Região Centro (SPRC), que juntamente com outras dezenas de professores seguia dentro de um dos autocarros bloqueados na A1.

Segundo este testemunho, a GNR terá autorizado os veículos ligeiros bloqueados a fazer inversão de marcha na faixa de rodagem de sentido contrário, para saírem em Alverca e seguirem para sul pelas estradas nacionais, mas no caso dos veículos pesados o bloqueio demorou mais tempo.

“Depois de autorizarem os ligeiros a circular estivemos mais de meia hora parados, até que alguns professores começaram a sair dos autocarros em protesto, chegámos mesmo a achar que havia a intenção de evitar que participássemos do protesto”, adiantou a mesma fonte.

Cerca das 15H00, hora a que começava em Lisboa a manifestação, os autocarros e outros veículos pesados foram autorizados a seguir em frente, tendo a GNR criado um corredor para essa circulação, vigiada por dezenas de elementos policiais espalhados pela autoestrada.

O despiste havia ocorrido às 12H30 com um veículo pesado que transportava suínos e, segundo Ana Paula Pires, muitos dos animais fugiram do veículo e poderão estar espalhados pela A1, sendo essa a razão da vigilância reforçada da GNR.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*