Principal arguido do processo “máfia do Oeste” reitera inocência

Posted by

Máfia-do-OesteO principal arguido do grupo conhecido por “máfia do Oeste” voltou hoje a reclamar inocência e pediu ao coletivo de juízes que faça Justiça, negando os factos que lhe são imputados pela acusação do Ministério Público (MP).

O italiano Giovanni Lo Re começou por pedir desculpas à juiz presidente por alguma atitude menos correta durante o julgamento e frisou ser inocente.

“Considero excessiva a pena pedida pelo senhor procurador do Ministério Público, porque há documentos, que foram hoje entregues pela minha advogada, que demonstram que não tenho nada a ver com o que foi dito”, salientou, negando também a sua ligação a branqueamento de capitais.

O arguido declarou ainda não ter participado em qualquer burla e pediu para que o coletivo de juízes tenha atenção aos documentos entregues hoje, porque “provam que não estava em Portugal, mas sim em Espanha, ao contrário do que refere a acusação”.

 

(Texto: Agência Lusa)

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*