Pescadores do Portinho da Gala à beira de um ataque de nervos

Posted by
Foto Jot'Alves

Foto Jot’Alves

Os pescadores do Portinho da Gala estão à beira de um ataque de nervos. Na infraestrutura, a lama tomou conta da água e só podem soltar amarras na meia-maré e na maré-alta.

António Pimentel, proprietário de uma das cerca de 40 embarcações de pesca artesanal, afiança que “não foi feita uma única dragagem desde a inauguração”, em 2004.

Um coro constituído pelos vários pescadores que se encontravam no local corroborou as palavras do marítimo veterano.

Na zona da Ponte dos Arcos, afirmam, há apenas meio metro de água. O assoreamento do porto de pesca artesanal, situado na freguesia de S. Pedro, está, pois, a limitar as saídas a duas vezes por dia.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*