Opinião – Ontem já era tarde

Posted by

Carlos PortugalCarlos Portugal

Atravessamos uma época natalícia e de férias que, em muitos países, cada vez mais é aproveitada por diversas modalidades desportivas para realizar jornadas dos seus campeonatos, desde o futebol até ao basquetebol, passando por muitas outras que se vão apercebendo da importância que assume o facto de pais e filhos estarem simultaneamente em ferias e poderem frequentar os campos, piscinas e pavilhões em perfeita comunhão.

Em Inglaterra e Alemanha, desde há muitos anos que os seus campeonatos principais não param, e as assistências aos jogos, que são muitos, atingem números impressionantes que se refletem nas finanças dos clubes e federações de forma bem significativa, e, naturalmente nos atletas, árbitros e demais elementos das estruturas do desporto… Estou a falar de países onde o desporto assume grande dimensão e faz parte das preocupações dos seus governantes que, prioritariamente, têm o problema Desporto Escolar resolvido, o que em Portugal começa a ser uma miragem, e a organização de grande parte dos clubes é nitidamente profissional, o que no nosso país apenas acontece em meia dúzia de emblemas (os grandes), e mesmo esses… muito amadores…

Apesar de tudo, há que realçar o enorme esforço de alguns clubes portugueses, que em tempos eram ecléticos e hoje tal já não é possível, mas que mantêm algumas modalidades que, sem o seu contributo, estariam condenadas a desaparecer, o que seria catastrófico para o já bem pobre desporto nacional…

Que precisa de um tratamento de choque, mas por gente que saiba da poda…

Ontem, já era tarde…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*