Levar ao palco as angústias e as interrogações que todos partilham

Posted by
Foto Carlos Gomes

Foto Carlos Gomes

Um grupo de alunos finalistas, de teatro, sem grandes perspetivas de futuro. Exatamente como meio país. Ou bastante mais de meio país, se quisermos ser fiéis à realidade que diariamente nos entra pelos olhos e pelos ouvidos dentro. Basta saber ver e ouvir. E também refletir sobre isso que se vê e se ouve.

E foi exatamente o que fizeram os jovens finalistas do curso de Teatro e Educação da Escola Superior de Educação de Coimbra (ESEC), no âmbito da disciplina curricular Projeto de Intervenção, este ano coordenada pelo ator António Fonseca. Todos, vão fazer acontecer o espetáculo “Perdidos na casa de partida”, com estreia agendada para quarta-feira, às 21H30, na Oficina Municipal do Teatro de Coimbra.

“Um dos objetivos desta unidade curricular do 3.º ano do curso de Teatro e Educação da ESEC é desenvolver e capacitar os alunos com algumas metodologias e conceitos de trabalho que façam a ponte entre o objeto artístico e os seus destinatários”, disse, ao DIÁRIO AS BEIRAS, António Fonseca.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.