João Tomás em estágio em Quiaios com a equipa angolana para onde se transferiu

Posted by
Foto Pedro Agostinho Cruz

Foto Pedro Agostinho Cruz

O avançado João Tomás, que se transferiu esta época do Rio Ave, da I Liga de futebol, para o Recreativo de Libolo, bicampeão angolano, disse que na base da decisão estiveram motivações financeiras, mas também desportivas.

João Tomás, 37 anos, está no centro de estágio Rosa Náutica, na Praia de Quiaios, Figueira da Foz, integrado no plano de preparação que o Recreativo de Libolo – clube com o qual assinou um contrato de duas épocas – cumpre até 25 de janeiro.

O veterano avançado, que se notabilizou, em Portugal, em clubes como a Académica, Benfica ou Rio Ave, disse que a decisão de rumar a Angola “foi ponderada”, tendo pesado “a questão financeira”, mas também a oportunidade de “lutar por títulos” e jogar a Liga dos Campeões africanos de futebol.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*