Hotéis de todo o país doam colchões, mobiliário e cobertores a IPSS

Posted by
Arquivo

Arquivo

Os hotéis nacionais vão doar colchões, peças de mobiliário, cobertores e atoalhados a várias instituições de solidariedade social do país, numa campanha que dá pelo nome de “1 colchão, 1 coração”, em parceria com a União das Misericórdias Portuguesas.

A ação não é nova e, tal como explicou à Lusa o presidente da Associação de Hotelaria de Portugal (AHP), já era prática entre alguns hotéis que, de forma esporádica e quando faziam remodelações, doavam algumas das suas peças de mobiliário às instituições que trabalham com quem tem mais necessidades.

“Resolvemos pegar nesse procedimento que já era mais ou menos habitual e transformá-lo num programa que pudesse ser mais divulgado e que pudesse ser potenciado por forma a que a recolha não fosse casuística, mas fosse mais proativa”, adiantou Miguel Júdice.

De acordo com o responsável da associação, que representa 60% das unidades hoteleiras do país, todos os hotéis estarão com vontade de aderir a esta campanha, havendo já 83 colchões e 11 bases de cama prontas para serem entregues a instituições de solidariedade social (IPSS) e que foram recolhidos nos últimos dois meses.

Para já, vieram 11 colchões de Lisboa, 16 colchões e 11 bases de cama de Coimbra, os hotéis da Batalha deram mais três colchões, outros 20 vieram de Alvor, mais 24 da Ericeira, Viseu deu um e Évora enviou outros oito.

“Eu diria que todos os hotéis que são membros da associação estão disponíveis para arrancar porque é também uma forma dos hotéis mostrarem a sua responsabilidade social. A nossa atividade não gera apenas impostos para o Estado, mas também outras coisas para o bem comum e tentamos sempre que possível ajudar as instituições à nossa volta”, sublinhou Miguel Júdice.

O objetivo é alargar a campanha a outros bens, nomeadamente cobertores, atoalhados, mesas-de-cabeceira, pratos, copos, e a todo o país, sendo a recolha feita pela União das Misericórdias Portuguesas (UMP), que depois identifica as famílias mais carenciadas a quem dar os bens doados.

“O que nós estamos a fazer é dizer aos hotéis: olhem para os vossos armazéns, olhem para os vossos quartos, olhem para as coisas que não estão a utilizar ou então que da próxima vez que forem fazer algum tipo de renovação pensem nas associações ou instituições que precisam de equipamentos”, sublinhou o presidente da AHP.

A AHP conta com 450 associados, mais de 300 são unidades hoteleiras, o que faz Miguel Júdice acreditar que será possível manter esta campanha em permanência, para lá do primeiro semestre de 2013, como está para já previsto.

Nesta primeira fase, a distribuição será feita nas regiões de Lisboa, Algarve e Centro e o protocolo entre a AHP e a UMP é assinado amanhã.

 

Autor: Agência Lusa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.