GNR da Guarda identificou militar expulso e que se fazia passar por agente no ativo

Posted by

GNRA GNR da Guarda anunciou a identificação de um homem de 45 anos, residente naquela cidade e ex-militar da instituição, pelo crime de usurpação de funções, por suspeita de atuar como se estivesse no ativo.

Segundo fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda, o suspeito foi identificado na terça-feira, por elementos do Núcleo de Investigação Criminal local, no seguimento de uma busca à sua residência, no âmbito de um inquérito por abuso de confiança.

Durante a operação, os militares apreenderam uma mala com diversos artigos militares referentes à GNR, como um coldre, um carregador, um bastão luminoso e um colete, que as autoridades admitem “serem usados pelo suspeito para se fazer passar por agente de autoridade para efetuar a interceção de condutores para fiscalização”.

 

(Texto: Agência Lusa)

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.