Gabinete Médico Legal de Castelo Branco reforçado para realizar autópsias das vítimas dos acidentes

Posted by
Arquivo - Gonçalo Manuel Martins

Arquivo – Gonçalo Manuel Martins

O Gabinete Médico Legal de Castelo Branco foi reforçado com uma equipa de Coimbra para realizar hoje as autópsias a 10 dos 11 mortos do acidente com um autocarro que aconteceu no domingo, na Sertã.

Dez corpos estão no Hospital Amato Lusitano, em Castelo Branco, e um outro nos hospitais da Universidade de Coimbra, disse à Lusa fonte da administração hospitalar.

Aos médicos do Hospital Amato Lusitano, em Castelo Branco, juntou-se desde as 06H00 uma equipa do Instituto Nacional de Medicina Legal (INML) de Coimbra, constituída por três técnicos e três médicos, entre os quais o presidente do INML, Duarte Nuno Vieira.

“Esta é uma situação que excede as capacidades do Gabinete Médico Legal de Castelo Branco”, referiu Duarte Nuno Vieira à Lusa, pelo que foi mobilizada “uma equipa que está sempre preparada para intervir em caso de desastre”.

No total, haverá cinco médicos e outros tantos técnicos com a tarefa entre mãos.

As autópsias serão elemento fundamental na investigação do acidente, sublinha o presidente do INML, recordando que “a lei estipula que é obrigatória a autópsia em todos os acidentes com morte imediata”.

(Texto Agência Lusa)

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*