EDP concentra recursos na zona Centro que continua sem energia elétrica

Posted by
Rua de Tomar - Foto Carlos Jorge Monteiro

Rua de Tomar – Foto Carlos Jorge Monteiro

A EDP Distribuição disse hoje que o fornecimento de energia elétrica se encontra normalizado nas regiões Norte, Grande Lisboa e Sul, estando agora os trabalhos concentrados no Centro, onde a reposição do serviço se faz de forma gradual.

“A recuperação da rede de distribuição de energia elétrica decorre a bom ritmo, mantendo a EDP Distribuição todos os recursos mobilizados”, afirma, em comunicado enviado à agência Lusa.

Segundo a empresa, os clientes afetados pela falta de energia elétrica concentram-se, nesta altura, nas zonas do Pinhal Litoral, Pinhal Interior, Baixo Mondego e Baixo Vouga.

Nestas zonas, “já ligámos na rede 100 geradores, em locais críticos, em articulação com os municípios, com quem estamos em permanente ligação”, sublinha a EDP.

Também a Proteção Civil tem estado a apoiar a operação logística necessária à alimentação dos geradores, bem como no trabalho de remoção de árvores em locais de difícil acesso.

“A perspetiva de conclusão da reparação a curto prazo das redes de Média Tensão vai permitir que, durante o dia de hoje, todos os nossos esforços estejam concentrados na reparação de avarias na rede de baixa tensão”, acrescenta.

A empresa refere ainda que foram dirigidos para as zonas mais afetadas pelo temporal todos os meios operacionais, cerca de 1000 técnicos e 400 viaturas. Desde as primeiras horas de sábado, procedem aos trabalhos de recuperação da rede elétrica, danificada pelo temporal que assolou todo o país.

Explica que “o diagnóstico efetuado a algumas linhas de distribuição, com base no voo do helicóptero realizado ontem [domingo], foi determinante para a localização dos troços danificados, bem como a confirmação do elevado grau de destruição a que a rede foi sujeita em consequência de árvores arremessadas pelo vento”.

“Hoje de manhã, com a melhoria do estado do tempo, voltou a ser possível mobilizar o helicóptero e continuar o levantamento dos troços destruídos pelas árvores e os locais para onde encaminhar os meios especiais para as remover”, acrescenta a EDP Distribuição.

 

(Texto: Agência Lusa)

One Comment

  1. Uma palavra de apreço aos Srs. que passaram todo o sábado a remover árvores caidas e destroços em São Martinho do Bispo. Foram essenciais à retoma da vida normal. Mais uma vez, o Excelentíssimo Presidente da Junta para trabalhar nem apareceu..até o tesoureiro com todas as suas limitações físicas passou o dia a carregar árvores e postes!

    Um bem-haja

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.