Diário de Vil de Matos – Fissuras nas paredes fecharam escola há ano e meio

Posted by
Foto Carlos Jorge Monteiro

Foto Carlos Jorge Monteiro

A escola básica de Vil de Matos fechou há quase ano e meio. As primeiras fissuras tinham sido detetadas já em setembro de 2010, levando os serviços da câmara a fazer uma intervenção para monitorizar a parede, mas, um ano depois, a situação agravou-se.

Até então, a escola tinha duas salas, uma para a creche e a outra para a turma do 1.º ciclo. Atendendo à evolução nesse ano e segundo indicações do próprio vereador da câmara, João Orvalho, a solução foi retirar as crianças, o que aconteceu em Setembro de 2011.

Na altura, a junta de freguesia disponibilizou as instalações do antigo posto médico. Mais tarde, a câmara instalou dois blocos pré-fabricados, para salas de aula, passando o antigo posto médico a servir de refeitório e como espaço de recreio da creche. O conjunto funciona num espaço que inclui também um salão polivalente e, nas traseiras, o pavilhão desportivo.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.