Contratos de cuidados continuados foram renovados em Coimbra

Posted by
DR

DR

Um terço das camas (534) de cuidados continuados da área da Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC) têm garantia de financiamento do Governo, depois da assinatura, nesta terça-feira, de contratos com diversas instituições. As restantes cerca de mil camas de apoio de retaguarda a doentes de internamento prolongado só serão alvo de renovação de contratos, mas só quando chegar o prazo indicado.

A manutenção daquelas camas implicou 26 acordos com misericórdias e IPSS (instituições particulares de solidariedade social), que foram formalizados em Coimbra, no âmbito da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI).

Daquelas 534 camas, 241 são de média duração e 293 de longa duração, que equivalem, no seu conjunto, a “32% da capacidade de oferta da RNCCI na região”. O território do Centro “possui, atualmente, 1.666 camas, repartidas pelas diferentes tipologias de cuidados continuados”, sublinhou o presidente da ARSC, José Tereso.

As camas não abrangidas pela renovação daqueles acordos “continuam asseguradas” ao abrigo dos respetivos protocolos que se mantêm em vigor e serão renovados de acordo com os seus respetivos prazos, concluiu.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*