Confap defende investigação a denúncias de vendas de senhas de refeição nas escolas

Posted by
DR

DR

A Confederação das Associações de Pais (Confap) defendeu hoje que a Inspeção Geral de Educação deve investigar a denúncia de venda de senhas de refeições entre alunos feita no Parlamento por um autarca de Odivelas.

O presidente da Junta de Freguesia da Ramada, Francisco Bartolomeu, reafirmou hoje à Lusa que existem casos de crianças que vendem senhas de refeições para conseguir dinheiro, que entregam aos pais.

“Esta é uma situação que já se verifica desde o ano passado. Nota-se que há crianças que ficam de braços cruzados no refeitório para ver se o aluno do lado não come o pero”, contou à agência Lusa o presidente da junta de freguesia da Ramada, que na terça-feira denunciou este tipo de situações na Assembleia da República.

Contactado pela agência Lusa, o presidente da Confap, Albino Almeida, defendeu que a denúncia merece uma investigação por parte das autoridades competentes: “O senhor presidente da Junta deveria apresentar os indícios ao Ministério Público da localidade e à Procuradoria Geral da República. Da mesma forma, a Inspeção Geral de Educação deverá proceder em conformidade”.

Albino Almeida considera que a denúncia tem “várias partes para investigar”, desde perceber se as crianças que vendem as senhas ficam sem refeições, a perceber se existe conivência por parte dos adultos.

A agência Lusa contactou alguns estabelecimentos de ensino da Ramada assim com a sede de agrupamento a que pertencem e nenhum responsável escolar confirmou a existência deste tipo de casos.

Também o presidente da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas (ANDAEP), Adalmiro Fonseca, e o presidente da Associação Nacional de Dirigentes Escolares, Manuel Pereira, disseram à Lusa não ter conhecimento de situações semelhantes.

Os dois dirigentes associativos admitem que possam existir apenas “casos residuais”, uma vez que a maioria das escolas do país já não tem senhas em papel. Atualmente, a dispensa de senhas para refeições é feita eletronicamente, estando os alunos obrigados a utilizar um cartão eletrónico, que os identifica através de uma fotografia.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*