CITEC estreia “Sonhos salteados” em Montemor-o-Velho

Posted by

 Sonhos Salteados_12_press_©Jorge Valente

Sonhos salteados”, criado e dirigido por Deolindo L. Pessoa, a partir de textos do dramaturgo polaco Mrozek, é a 49.ª produção do CITEC (Centro de Iniciação Teatral Esther de Carvalho) e conta com a participação de atores da velha guarda do grupo.  

Num cenário simples, três atores dão corpo à solidão, onde, numa atmosfera saudosista, fazem um balanço das suas vidas. Um maestro que dedicou a vida à música confessa a sua paixão por cavalos, uma mulher lê as cartas enquanto espera pela lua cheia que teima em não aparecer e um homem, com um passado dedicado ao trabalho, não acredita que haja vida noutros planetas. Sob uma emissão de rádio in loco, as personagens evocam as suas vidas, ou melhor, evocam o que gostariam que as suas vidas tivessem sido. “Sonhos Salteados é uma sopa absurda, feita em lume brando com humor negro, condimentada com palavras de Mrozek, uma pitada de Almada Negreiros, um cheirinho de Mário-Henrique de Leiria e uns temperos a gosto”, refere o encenador.

O espetáculo, interpretado por Capinha Lopes, Carlos Alberto Cunha, Deolindo L. Pessoa e Judite Maranha, é para maiores de 12 anos e sobe à cena nos dias 25 e 26 de janeiro e 1 e 2 de fevereiro, às 21H30, no Teatro Esther de Carvalho, em Montemor-o-Velho. Os bilhetes têm um preço único de cinco euros e as reservas podem ser feitas através dos números 239 680 836 e 918 559 661.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*