Celebrar 500 anos da Biblioteca da Universidade de Coimbra

Posted by

 Biblioteca

Os livros e aquilo que os transforma em monumentos únicos ao conhecimento é alguma coisa que, apesar dos novos suportes digitais, dificilmente será ultrapassado. João Gabriel Silva, reitor da Universidade de Coimbra, falava, segunda-feira, entre as paredes forradas a livros da sala de S. Pedro da Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra (BGUC), alguns verdadeiros tesouros, de entre os muitos que a cidade guarda.

Com José Cardoso Bernardes, diretor da BGUC, o reitor participava na apresentação do programa que, entre fevereiro de 2013 e fevereiro de 2014, irá celebrar 500 anos da biblioteca da Universidade. E garantiu para breve a “ampliação” possível de espaço, com a instalação do “aqruivo morto” no espaço de cave dos edifícios das Químicas e Físicas.

Do programa que pretende celebrar cinco séculos da Biblioteca da Universidade, destaque para o congresso internacional “A Biblioteca universitária: permanência e metamorfoses”, a decorrer entre 16 e 18 de janeiro de 2014, a digitalização de 500 obras antigas do espólio da BGUC, as edições facsimiladas de obras como “A praça da canção”, de Manuel Alegre, e ainda reedições, exposições – “A biblioteca em fotografias” e “500 anos das relações Portugal/China” – e um espetáculo comemorativo de música e teatro a decorrer na Biblioteca Joanina e no Teatro Académico de Gil Vicente.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*