Uma “viagem alucinante pela realidade urbana” na Oficina do Teatro de Coimbra

Posted by

ng2167211Em cena na Oficina Municipal do Teatro de Coimbra até 5 de janeiro próximo, com “Um grito parado no ar” – texto do brasileiro Gianfrancesco Guarnieri, dirigido pelo também brasileiro Antonio Mercado –, O Teatrão convida todo o seu público a embarcar numa viagem onde se cruzam feirantes, alunos do ensino recorrente, cauteleiros, mulheres a dias, um vizinho tarado, jovens que vêm do interior, um chui cansado, prostitutas, um casal no final da relação, professores universitários, uma mãe com a sopa sempre ao lume, o dono de uma tasca, adeptos fanáticos…

Todos habitantes de uma cidade contemporânea que abrem as portas para que seja possível penetrar sem medo na essência dos dramas que são de todos, rindo do patético das vidas de todos os dias.

 

Ver versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.