Quem dorme pouco tem mais probabilidades de ter um AVC

Posted by

Um estudo promovido pela National Sleep Foundation dos EUA indica que os adultos que dormem menos de seis horas por noite têm quatro vezes mais probabilidade de sofrer um AVC ou um enfarte do miocárdio do que aqueles que dormem seis a oito horas. O estudo refere ainda que há cada vez menos pessoas a dormir oito horas ou mais, uma tendência que se regista também em Portugal.

Victor Oliveira, presidente da Sociedade Portuguesa de Neurologia, explica que “os portugueses dormem cada vez menos e com menor qualidade, o que se reflete na sua saúde, nomeadamente no aumento de risco de AVC”, uma doença que continua a ser causa de 25 mil internamentos por ano e uma das principais causas de morte no nosso país.

“O AVC é uma das patologias que mais nos preocupa, especialmente numa altura em que os cortes no financiamento dos exames limitam a possibilidade de rastrear adequadamente as pessoas em risco de acidentes vasculares cerebrais, como é o caso do acesso ao eco-Doppler da circulação cerebral”, acentua Victor Oliveira.

 

ver versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.