Opinião – E começou dezembro

Posted by

Mafalda Azenha

Já tive oportunidade de expressar o meu agrado em fazer compras no comércio tradicional. Estamos a chegar ao Natal e, por pouco que seja, dadas as carências atuais, lá terá de chegar o dia em que saímos à procura de algumas lembranças para aqueles a quem queremos presentear. E pelo que tenho observado, parece-me que é no pequeno comércio que vamos encontrar as sugestões mais originais e acessíveis.

A necessidade faz o engenho e a criatividade de alguns comerciantes figueirenses ganha em muito à massificação que nos traz o “hipopótamo” ou outros assim. Por isso, sugiro que possamos aproveitar um destes dias frios ensolarados com que a Figueira é tantas vezes brindada, para visitar as ruas da cidade e encher o espírito de todos da esperança que, ainda que menos para 2013, sempre se renova nesta época do ano.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*