Mais de uma dúzia de praias portuguesas distinguidas consecutivamente com Bandeira Azul em 25 anos

Posted by

Mais de uma dúzia de praias portuguesas foram galardoadas consecutivamente com certificados internacionais de participação no Programa Bandeira Azul nos últimos 25 anos, desde que foi hasteada a primeira bandeira de qualidade ambiental das praias em Portugal.

A primeira bandeira azul nas praias portuguesas foi hasteada há 25 anos na praia do Tamariz, no concelho de Cascais. Desde então, informou hoje a Associação Bandeira Azul da Europa, 13 praias mantêm o certificado internacional, que distingue a sua qualidade ambiental.

Afife e Carreço (ambas em Viana do Castelo), Furadouro (Ovar), Costa Nova e Barra (ambas em Ílhavo), Baleal-Sul (Peniche), Alvor Poente, Rocha e Alvor Nascente (todas em Portimão), Galé Leste (Albufeira), Quinta do Lago e Vale do Lobo (ambas em Loulé) e Barril – Três Irmãos (Tavira) têm certificados internacionais de participação no Programa Bandeira Azul desde 1987.

Segundo informação disponibilizada pela associação na cerimónia dos 25 anos do Programa Bandeira Azul, em Lisboa, são quatro as praias com estes certificados há 20 anos: Relógio (Figueira da Foz), Medão-Supertubos (Peniche), Cinco Ribeiras (Angra do Heroísmo) e Milícias (Ponta Delgada).

Desde 1997 (há 15 anos) que 13 praias têm o certificado internacional de participação: Cadabelo (Viana do castelo), Porto Dinheiro (Lourinhã), Física e Centro (Santa Cruz, em Torres Novas), Magoito (Sintra), Tamariz (Cascais), Praia Verde (Castro Marim), Lido – Complexo Balnear, Barreirinha e Formosa (Funchal), Grande (Praia da Vitória), Vinha da Areia (Vila Franca do Campo) e São Lourenço (Vila do Porto).

Também 13 praias têm há dez anos consecutivos o mesmo certificado: Norte (Viana do Castelo), Madalena Norte, Miramar, Granja (as três em Vila Nova de Gaia), Espinho – Baía, Cova Gala (Figueira da Foz), São Martinho do Porto (Alcobaça), Azul (Torres Vedras), Moitas (Cascais), Infante (Almada), Troia – Bico das Lulas (Grândola) e Poças Sul dos Mosteiros (Ponta Delgada).

Por fim, 32 praias recebem o certificado internacional de participação no Programa Bandeira Azul desde 2007. Entre elas estão Ínsua (Viana do Castelo), Midelo e Labruge (Vila do Conde), Quebrada (Matosinhos), Homem do Leme (Porto), Marbelo (Vila Nova de Gaia), Paramos (Espinho), Areão (Vagos), Buarcos – Tamargueira (Figueira da Foz), Louçainha (Penela), Quinta do Alamal (Gavião), Formosa (Torres Vedras), Santa Helena (Torres Vedras), Maçãs (Sintra), Parede (Cascais), CDS – Santo António (Almada), Rainha (Almada) e Califórnia (Sesimbra).

Com cinco anos consecutivos de distinção estão ainda Fonte do Cortiço (Santiago do Cacém), Vila Nova de Milfontes, Furnas (Odemira), Cordoama (Vila do Bispo), Prainha (Portimão), Terra Estreita (Tavira), Ponta Delgada (São Vicente), Madalena do Mar (Ponta do Sol), Reis Magos (Santa Cruz), Barra e Barro Primeiro (Santa Cruz da Graciosa), Zona Balnear de Santa Cruz (Santa Cruz das Flores), Fajã Grande (Lajes das Flores), Portinhos – Fajã Grande (Calheta) e Areal de Santa Bárbara (Ribeira Grande).

A Associação Bandeira Azul da Europa apresentou hoje também os vencedores dos concursos de atividades de educação ambiental (o primeiro prémio foi para Albufeira) e de melhor concessionário (com o primeiro prémio para a Ilha de Tavira).

 

Autor: Agência Lusa

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*