Joaquim Morão pede ao Governo a chave do call center encerrado

Posted by

Joaquim Morao DRO presidente da Câmara de Castelo Branco pediu ao Governo que devolva as chaves do centro de atendimento telefónico da Segurança Social, que encerrou na cidade no início do mês, para procurar novos investidores.

O autarca Joaquim Morão (PS) falava durante a reunião da assembleia municipal, sexta-feira, em que acusou o Executivo de não ter dado ouvidos à câmara para evitar o fim do centro nacional de atendimento (call center) que chegou a empregar 400 pessoas. “Havia solução. Não teria 370 funcionários, teria menos”, mas o município foi “perfeitamente ignorado” apesar de o próprio autarca ter feito “uma tentativa de corrigir isto”, referiu.

A Câmara de Castelo Branco investiu em instalações e estabeleceu um protocolo com o anterior governo para o centro de atendimento telefónico Via Segurança Social funcionar em Castelo Branco durante, pelo menos, 15 anos.

No entanto, o contrato não foi cumprido e agora Joaquim Morão só tem um pedido: “quero é que nos entreguem as chaves e nos deixem em paz, nós encontraremos uma solução” para aquele espaço.

One Comment

  1. joaquim rego says:

    e assim mesmo morao esses gajos nao valem nada

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*