Equipas portuguesas despedem-se da Liga Europa

Posted by

 

Liverpool, Young Boys (grupo A), Steaua Bucareste, Estugarda, Copenhaga (grupo E), Basileia, Videoton (grupo G, do qual o Sporting é “lanterna vermelha”), Tottenham e Panathinaikos (J) são os únicos clubes com o futuro ainda por definir na  Liga Europa. Os três representantes portuguesesAcadémica, Marítimo e Sporting – já têm o destino traçado, mas pelos piores motivos: serão todos eliminados da prova, depois de, até hoje, apenas terem conquistado uma vitória em 15 jogos, obtida pelos “estudantes”, precisamente sobre o detentor do troféu, o Atlético de Madrid (2-0).

Se a Liga Europa ainda for disputada por equipas lusas esta época será também por razões pouco recomendáveis, pois significará que o Benfica – obrigado a fazer em Barcelona, na quarta-feira, o mesmo resultado que o Celtic de Glasgow fizer na receção ao Spartak de Moscovo – foi relegado da Liga dos Campeões para a segunda prova europeia de clubes.

No grupo A, liderado pelo surpreendente Anzhi (já apurado), o Liverpool qualifica-se em caso de vitória sobre a Udinese, mas o empate pode ser suficiente, desde que o Young Boys não vença Anzhi. No entanto, caso os ingleses percam em Itália, a equipa suíça segue em frente, por ter vantagem num confronto direto a três, com o Liverpool e a Udinese.

A situação é mais confusa na “poule” E, pois tanto o líder Steaua Bucareste, como o Estugarda (segundo colocado) e o Copenhaga (terceiro) podem seguir em frente, com os romenos em posição privilegiada, pois apuram-se com uma vitória ou empate em Copenhaga, ou se perderem pela diferença de um golo, desde que não seja por 1-0 (o resultado pelo qual venceu os dinamarqueses em casa).

O Estugarda qualifica-se com um triunfo na receção ao Molde, já eliminado, ou simplesmente se o Copenhaga não conseguir impor-se ao Steaua, enquanto os dinamarqueses apuram-se se ganharem em casa aos romenos por 1-0 ou por uma diferença de dois ou mais golos. Se ganhar por um golo de diferença, desde que não seja 1-0, precisa que o Estugarda empate ou perca.

O Sporting está condenado ao último lugar do agrupamento G, liderado pelo Genk, mas Basileia e Videoton, treinado por Paulo Sousa, têm muito em jogo na sexta e última ronda: aos suíços basta um empate na Bélgica, graças à vantagem no confronto direto com o Videoton, ao passo que os húngaros precisam de vencer em Alvalade e esperar que o Basileia perca.

O Tottenham, treinado pelo português André Villas-Boas, está em posição muito favorável para se juntar à já apurada Lazio no grupo J, bastando-lhe um empate na receção ao Panathinaikos, ao contrário da equipa grega, que só prossegue na prova com um triunfo em White Hart Lane.

Académica e Marítimo procuram despedir-se das competições europeias desta época com um triunfo, sobre o Hapoel Telavive e o Club Brugge, respetivamente, que só para a equipa de Coimbra não será uma novidade, pois impôs a única derrota que o campeão Atlético de Madrid sofreu nesta edição da Liga Europa.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*