Corpo de idoso encontrado em edifício no centro de Coimbra

Posted by

Gonçalo Botelho de Miranda de Melo e Silva foi ontem encontrado morto, no n.º 93 da rua António de Vasconcelos, em Montes Claros, Coimbra. A descoberta do cadáver aconteceu cerca das 17H50, depois de os vizinhos terem dado o alerta. Há dias que não era visto e, em casa, estava uma janela aberta e uma luz acesa.

Com mais de 80 anos, Gonçalo Botelho de Miranda de Melo e Silva era uma pessoa reservada. Todos os vizinhos o conheciam por “senhor engenheiro”. Mas nem um dos vários que saíram à rua, ontem ao princípio da noite, conseguiu dizer o nome.

Melo e Silva era dono de todo o prédio, de três andares, mesmo na esquina com a Guerra Junqueiro. Durante anos, ali viveu com duas irmãs, entretanto falecidas. Sozinho desde há cerca de uma década, mantinha uma rotina de vitalidade – “saía de manhã, de mala, bem vestido e sempre de brilhantina no cabelo”, conta uma vizinha –, e de cuidados com a segurança – “nunca deixava de fechar todos os estores”, acrescenta outra.

 

Toda a informação na edição impressa de hoje, segunda-feira, do DIARIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.