Aquário de Bacalhaus em Ílhavo inaugurado a 13 de janeiro

Posted by

Pag_MMI_1_675_270O Aquário do Museu Marítimo de Ílhavo vai, finalmente, ser inaugurado no dia 13 de janeiro, pelas 16H30. No mesmo dia, assinalam-se os 115 anos da restauração do município de Ílhavo. O “Aquário dos Bacalhaus do Museu Marítimo de Ílhavo” é uma obra localizada nos espaços exteriores da antiga Escola Preparatória de Ílhavo, atual CIEMar-Ílhavo, que certamente representará um novo elemento de atração do município, contribuindo para a dinamização do turismo e do setor económico local, bem como para complementar o discurso expositivo do museu, iniciando a sua nova vida enquanto museu, investigação e aquário. A cerimónia encerra as comemorações dos 75 anos do Museu Marítimo de Ílhavo.

4 Comments

  1. As familias endividadas algumas a passar fome, IMI na taxa maxima nesta autarquia e este sr. preocupado com um tanque de bacalhaus onde dizem ter gasto 2.8 milhões,simplesmente deploravel…e vergonhoso,só com bilhetes de borla é que o povo vai ver os bichos

  2. O unico bacalhau que havia de ir para o aquário era o Sr, presidente que é conhecido como bacalhau seco.

  3. Capitão Negro says:

    Celebrar a vergonhosa Restauração do Município quando o sr. Ribau "bacalhau seco" Esteves, ou melhor o sr. Ribau "bacalhau ultra-congelado" Esteves, se prepara para tomar de "assalto" a Câmara de Aveiro já a pensar na fusão dos dois concelhos. Andam outra vez a confundir a História que não querem conhecer. Este aquário, que quem já viu cheio de bacalhaus mortos diz não passar de um tanque mal amanhado, é apenas um capricho do sr. Ribau e da direcção do Museu que não sabe disfarçar a sua incompetência. O MMI é um feudo de negociatas sem orientação ou qualquer proveito para os desgraçados dos ilhavenses que nem lá gostam de pôr os pés. Já alguém da pobre terra se preocupou em saber quanto dinheiro se gasta em exposições que ninguém visita, em catálogos que ficam a apodecer nas estantes ou em remodelações que apenas desvirtuam o que o Museu já foi? Será que não existem ilhavenses capazes de por fim aos delírios da direcção do museu e do sr. Ribau?

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.