Alegações finais do julgamento do homicídio de prostituta em Aveiro adiadas para dia 19

Posted by

O tribunal de Aveiro adiou para o dia 19 as alegações finais do julgamento do homicídio de uma prostituta, em 2000, por falta do relatório social do arguido.

José Guedes, que assumiu ser o denominado “estripador de Lisboa”, em conversas mantidas com duas jornalistas, está a ser julgado pelo assassínio de uma prostituta de 18 anos, em Cacia, Aveiro, único crime que ainda não prescreveu.

 

(Texto: Agência Lusa)

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.