Homem enterrado na areia morreu após “violento traumatismo”

Posted by

DR

Um homem cujo corpo foi descoberto no passado sábado enterrado na areia, junto à ria de Aveiro, na Murtosa, terá morrido devido a um “violento traumatismocraniano, informou ontem (terça-feira) fonte policial.

Segundo o resultado da autópsia, o homem, aparentando ter cerca de 60 anos, apresentava “violento traumatismo com múltiplas e graves lesões ao nível da cabeça e tronco, com fraturas várias”.

As autoridades admitem a hipótese de se tratar de um crime violento, com ocultação de cadáver, tendo em conta o estado em que o corpo foi encontrado. O corpo do homem continua por identificar.

A PJ de Aveiro já divulgou algumas características observáveis da alegada vítima, pedindo a todos os cidadãos com informações que levem à sua identificação que contactem a polícia.

É homem com “calvície acentuada, bordejada por cabelo claro ou grisalho”, com cerca de 1,60 metros de altura, de compleição “forte sem ser obeso” e “tem uma falha, à frente, na dentição, mais precisamente no maxilar inferior, entre os incisivos”, revela a polícia.

O homem vestia camisa xadrez de cor azul com traçado beije, debaixo de pullover em malha de cor castanha e calças tipo sarja, com bolsos laterais de cor cinza escura ou preta. Trazia calçadas sapatilhas (n.º 40).

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.