Ruínas romanas descobertas em Mangualde no século XIX vão poder ser visitadas

Posted by

Descobertas em finais do século XIX, as ruínas romanas da Quinta da Raposeira, em Mangualde, vão finalmente poder ser visitadas, após os trabalhos de restauro e valorização em curso, que devem estar concluídos dentro de um ano.

“Mangualde tem este espaço há muitos anos um bocado abandonado”, admitiu à agência Lusa o presidente da autarquia, João Azevedo, que pretende que as ruínas romanas da Quinta da Raposeira venham a ser um importante ponto turístico do concelho e da região.

Para isso, serão investidos 150 mil euros, num projeto da autarquia que foi comparticipado em 80 por centro pelo PRODER (Programa de Desenvolvimento Rural) e começou a ser desenvolvido este mês pela empresa Arqueohoje.

“Acreditamos que este é um bom investimento, embora estejamos num momento de crise e de grandes dificuldades”, frisou.

Segundo António Tavares, arqueólogo e gestor do património cultural da autarquia, as ruínas romanas da Quinta da Raposeira foram descobertas em finais do século XIX, pelo poeta e magistrado Alberto Osório de Castro, que costumava passar férias em Mangualde, onde tinha família.

 

(Texto: Agência Lusa)

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.