Ricardo Morgado reeleito presidente da AAC

Posted by

Foto de Gonçalo Manuel Martins

Os estudantes da Universidade de Coimbra reelegeram Ricardo Morgado para presidente da direção-geral da Associação Académica, à primeira volta das eleições, disputadas entres três candidatos, informou a Comissão Eleitoral.

Os resultados finais apurados na madrugada de hoje, após dois dias de votação (segunda e terça-feira), ditaram a vitória da lista L, de Ricardo Morgado, com 3.062 votos, seguida da lista A, de Alma Rivera, com 519, e da lista T, liderada por Celina Vilas-Boas, que obteve 378.

A Comissão Eleitoral, presidida por Ana Jorge, adiantou ainda à agência Lusa que foram contabilizados 717 votos em branco e 250 nulos.

Relativamente às eleições de 2011, registou-se um decréscimo significativo de votantes, que passaram de 8.500 (número registado na segunda volta) para 4.926, de um universo eleitoral de cerca de 23 mil estudantes.

Em declarações à agência Lusa, Ricardo Morgado, que liderou o projeto “Liga-te mais”, disse que o resultado eleitoral representa uma “responsabilidade muito maior na defesa dos interesses dos estudantes”, num ano muito difícil que se avizinha, em que não irá “baixar os braços” na luta contra os cortes orçamentais.

“Como prioridades colocamos os desafios ao nível da ação social, abandono escolar, financiamento e reestruturação da rede de ensino superior”, sublinhou o estudante de Engenharia Biomédica, de 23 anos, natural de Gouveia.

O presidente reeleito da AAC colocou ainda entre as preocupações futuras o desemprego e a emigração jovem.

“Temos de estar na frente das reivindicações dos problemas que afetam os jovens e apontar soluções e um caminho”, frisou ainda Ricardo Morgado, que, a nível interno, prometeu melhorar a qualidade da atuação da direção-geral.

Para o Conselho Fiscal da AAC, que é constituído através do método de Hondt, venceu também a lista L, que elegeu seis elementos, seguida da lista A, que elegeu um elemento.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*