Opinião – Reflexões

Posted by

Luís Santarino

JOÃO FIGUEIRA – Uma história, ainda que breve, da comunicação social em Portugal desde 1974, é sempre uma forma de interiorizar erros e omissões de muitos intervenientes. Apesar do livro não ser uma determinante, obriga a uma autocrítica saudável. Assim o entendam!

EXCESSO DE COLUNISMO E DE OPINIÃO – Incomodou-me a intervenção de uma jovem senhora que apresentou o livro do João Figueira. Tem uma visão redutora da forma como se faz comunicação social. A sociedade portuguesa espera rigor, isenção e sobretudo liberdade de opinião. Os colunistas, os que têm opinião, são fundamentais. Se a senhora conseguir descrever com exactidão aquilo que vê…já não será mau!

ASSESSORIA DE IMPRENSA – Porque há-de ser privilégio dos jornalistas? Porque conhece o meio – controla – e pode “furar”? Não é um bom princípio!

JORGE FERNANDES – Presidente do Judo Clube de Coimbra, foi, durante muitos anos alvo das calúnias de alguns “pouco ilustres” da nossa cidade. Treinador de elevada categoria, entendeu que uma formação superior lhe iria dar mais e melhores conhecimentos. Acabou o curso de Educação Física e já frequenta o mestrado em “treino desportivo”. Ao futuro mestre envio um grande abraço.

JORGE FERNANDES – Agora, só falta ser presidente da Federação Portuguesa de Judo. Será que as “Água das Pedras” vão esgotar?

NUNO CRATO – Tinha ideia que o ministro, ainda professor, quando o ouvi falar num debate em Coimbra, poderia conseguir um excelente desempenho em funções públicas. Copiar é feio, senhor professor e senhor ministro! Adapte, não copie!

VITOR BENTO – O estado social não é eliminável na Europa. Foi uma das afirmações que gostei de ouvir. Discorde-se ou não, a sua qualidade é indesmentível. Colocar o dedo na ferida, sem medo de ser apelidado de “qualquer coisa” é uma virtude que se lhe reconhece.

BARACK OBAMA E O ESTADO SOCIAL – A sua vitória foi uma alívio para o mundo, porque a América é mais do que a soma dos estados vermelhos e azuis!

BE – Tivemos o festival do costume. Ouvir o historiador Fernando Rosas dizer que, “com PS ou sem PS, Portugal iria ter um governo de esquerda, não me deu vontade de rir, senti pena”!

PARTIDO SOCIALISTA – Finalmente perdeu os complexos de esquerda. O PS é a esquerda…o resto é folclore!

PARTIDO SOCIALISTA – Mais vale sós do que mal acompanhados!

GOVERNO E PSD – Fizeram uma demolidora “operação de marketing”. Aprendam se fazem o favor!

MERKEL – As manifestações contra a senhora são patéticas. Eu ainda gostava de saber se algum de vós entregava o “cartão de crédito” aos gestores e políticos portugueses!

MERKEL – Não gosto da senhora. Confesso. Por razões várias. A decisão para a construção de obras megalómanas não são só do tempo do Sócrates. Têm muito mais anos e muitos mais decisores. Faça-se a história e prendam-se os culpados! Ui,ui,ui, ficava eu e mais quantos?

NOVOS MODELOS ORGANIZACIONAIS – Os empresários em Portugal não conseguem descolar do individualismo. O poder só é poder, quando a sociedade nos reconhece valor!

FUNDAÇÕES – A grande maioria são uma perfeita aldrabice. Ai se houvesse coragem!

ESTADO – Deverá estar ao serviço dos cidadãos, sobretudo dos mais fracos e desenvolver o bem comum! Se o Estado não servir para isso, serve para quê?

GREVE GERAL – Se for um flop, acabam as “discursatas” quentes do fora a troika. Viola no saco!

CRIANÇAS – Nunca pensei voltar a ver crianças com fome. Vi-as nos longínquos anos da ditadura. Agora não o posso admitir nem compreender.

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*