Manuel Subtil de megafone em punho acusa repartição de Finanças

Posted by

Em cadeira de rodas e empunhando um megafone, Manuel Subtil, um ex-emigrante que ficou conhecido por se ter barricado, em 2001, numa casa de banho da RTP, acusou ontem os responsáveis pela 1.ª repartição de Finanças de Coimbra, de lhe terem inventado uma dívida de 174,46 euros.

Manuel Subtil fez questão de avisar ao que ia. Assim, mandou uma carta ao presidente da câmara a informar da sua intenção de ocupar o passeio, junto à repartição de Finanças. E acrescentou que se manifestava contra a “discriminação” e o “roubo” de que estaria ser alvo, por parte daquele serviço público.

Versão completa na edição impressa

4 Comments

  1. Paulo Melo says:

    É como as criançinhas mimadas… Fazem birras por tudo e por nada, para atingir os seus fins, GOSTAM DE DAR NAS VISTAS! o melhor é ignorar…

  2. Antonio Sousa says:

    Grande Subtil…….. São uns ladrôes

  3. Este ao menos avisou que ía ocupar o passeio. O mesmo já não acontece com a falta de respeito diária de condutores que invadem na totalidade os passeios com os seus carros, para vergonha das Polícias de Coimbra!!!

  4. Plenamente de acordo com D y e António Sousa. Pelo menos mostra o seu descontentamento para a injustiça que sente. Talvez os mimados sejam os que ficam sempre calados, porque ora estão dum lado ora estão do outro.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*