Inspetora da PJ foi transferida para Santa Cruz do Bispo

A inspetora da Polícia Judiciária suspeita do homicídio da avó do marido, na semana passada, em Coimbra, foi ontem (quinta-feira) transferida para o Estabelecimento Prisional de Santa Cruz do Bispo (Matosinhos), uma prisão destinada a reclusos do sexo feminino. Ana Saltão ficará numa ala especial, “relativamente nova”, disse a defensora da arguida, Mónica Quintela.

A inspetora foi ouvida quarta-feira à tarde no Tribunal de Instrução Criminal (TIC) de Coimbra em primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação mais gravosa, a prisão preventiva.

Ainda passou a noite nos calabouços da PJ de Coimbra, mas ontem, às 16H45, a arguida deixou as instalações para ser transferida para o estabelecimento prisional onde vai aguardar pelo desenvolvimento do processo. Para já, é a única suspeita de ter assassinado a vítima, com 14 disparos, alegadamente devido a questões financeiras.

 

Ver versão completa na edição impressa

2 Comments

  1. ISTO ESTÁ CADA VEZ PIOR, ANDAMOS NÓS A CONFIAR NA NOSSA POLICIA PARA ISTO

  2. joao antunes says:

    Bom dia a polícia faz o seu serviço em conformidade com legislação
    trouxa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*