Idosa foi assassinada em casa na rua António José de Almeida (em atualização)

Posted by

A Polícia Judiciária está a investigar o presumível assassinato de uma octogenária, em Coimbra. Nesta quinta-feira, logo de manhã, o DIÁRIO AS BEIRAS confirmou a presença de uma brigada policial no local, o prédio com o n.º 86 da rua António José de Almeida, cujo acesso permanece reservado.

A vítima, Filomena Gonçalves, tinha 80 anos e vivia sozinha numa cave do prédio. Na quarta-feira, a idosa terá almoçado com a filha e o genro, tendo regressado a casa a meio da tarde. Cerca das 18H00, os vizinhos deram conta de ruídos estranhos, mas a polícia só seria chamada chamada mais tarde.

Segundo foi possível apurar, o alerta foi dado já depois das 21H00. O acesso à casa foi conseguido através de uma vizinha, que teria cópia da chave da casa da vítima. Lá dentro, o cadáver foi encontrado, com vários ferimentos de bala.

Fonte policial adiantou ao DIÁRIO AS BEIRAS que, chamada ao local, a PSP tomou conta da ocorrência, mas a investigação passou para a alçada da Polícia Judiciária. Dos primeiros indícios recolhidos ficou a certeza de que a casa não havia sido arrombada.

Na manhã seguinte, nesta quinta-feira, a investigação da PJ decorreu de forma discreta, mantendo-se a porta do prédio fechada. A meio da manhã, entretanto, o DIÁRIO AS BEIRAS soube que as viaturas da filha e do genro da vítima tinham sido rebocadas pela PJ.

(notícia em atualização)

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.