Dia histórico uniu toda a universidade contra os cortes orçamentais

Foi um momento histórico aquele que se viveu na Universidade de Coimbra (UC). O Teatro Académico de Gil Vicente encheu por completo: havia pessoas de pé em todos os corredores, outras sentadas no chão e centenas ficaram no exterior, numa fila que se prolongava pela rua Oliveira Matos.

Ontem, docentes, estudantes e funcionários da UC assistiram à sessão em que o reitor João Gabriel Silva falou sobre a “grave situação orçamental para 2013”. Em causa está um corte de 31 por cento no financiamento público à UC só nos últimos dois anos.

“Se toda a despesa pública tivesse um corte de 30 por cento, podíamos dispensar a troika, devolvê-la à proveniência e já estar a amortizar a dívida”, afirmou.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*