Criatividade aliada à engenharia é a nova aposta da Solien

Posted by

“Em alturas de crise há dois tipos de empresas: as que choram e as que vendem os lenços de papel. Nós preferimos vender os lenços de papel”, afirma Hugo Azevedo, diretor-geral da Solien.

A empresa, da área do desenvolvimento de projetos de engenharia industrial, responde à estagnação económica apostando na “sensata loucura”, “controlada mistura explosiva” e criação de “soluções disruptivas”.

Ao conceito de Engenharia Publicitária, os criativos da Solien chamaram WhyseMadness. Os novos produtos foram apresentados recentemente na EMAF – Exposição de Máquinas, Ferramenta e Acessórios, organizada pela Exponor, e pretende-se que comecem a ser comercializados assim que houver interessados.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.