60 empresas da Guarda assumem compromisso de qualidade

Posted by

A Associação do Comércio e Serviços do Distrito da Guarda (ACG) atribuiu a insígnia “Guarda Prestige” a cerca de 60 empresas do distrito, com o objetivo de “valorizar a qualidade” do serviço prestado aos clientes.

“A carta de qualidade ‘Guarda Prestige’ define um conjunto de requisitos, cujo cumprimento confere às empresas a atribuição de um estatuto de prestígio, assumindo assim um compromisso com a qualidade”, referiu à agência Lusa Victor Nunes, diretor executivo da ACG.

O responsável indicou que à primeira fase do projeto, agora concluído, aderiram cerca de 60 empresas de todo o distrito, “dos mais diversos setores de atividade”.

Segundo Victor Nunes, o plano que está a ser desenvolvido desde meados deste ano, consiste na avaliação do serviço prestado pelas empresas e na atribuição de uma insígnia “que vão poder utilizar na sua comunicação”.

A ação visa “valorizar a qualidade no serviço prestado ao cliente” apostando os empresários abrangidos numa “boa imagem no atendimento”, referiu o responsável.

Explicou que no âmbito da mesma iniciativa, na campanha de Natal deste ano a ACG distribuirá aos empresários e comerciantes distinguidos, diverso material específico, como sacos para compras e embrulhos, com alusão à insígnia hoje entregue.

“É uma forma para conseguir que as empresas se distingam e os clientes possam escolher estabelecimentos comerciais que têm este esforço, dinamizando o comércio da nossa região e distrito”, referiu.

As primeiras empresas contempladas receberam a distinção no decorrer de uma cerimónia realizada numa unidade hoteleira da cidade da Guarda.

Mais de 50 por cento das insígnias de qualidade foram atribuídas a empresas comerciais e de serviços instaladas no concelho da Guarda, segundo a ACG.

O “Guarda Prestige” começou a ser desenvolvido em meados deste ano e representa um investimento global superior a 200 mil euros.

O projeto é comparticipado pelo Mais Centro – Programa Operacional Regional do Centro, pelo Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN) e pelo Fundo Europeu do Desenvolvimento Regional.

One Comment

  1. C. Caetano says:

    Os meus parabéns, pela iniciativa. No entanto, tenho uma questão: a qualidade é da "carta" ou do serviço prestado? Isto porque, no texto falam em "carta de qualidade,,," ao invés de "carta da qualidade…" É um detalhe que faz toda a diferença!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*