Universidade da Beira Interior afixa lista de alunos devedores, associação académica contesta

Posted by

 

 

A Universidade da Beira Interior (UBI) tornou pública uma lista de alunos devedores, com propinas em atraso, afixando-a à entrada dos serviços académicos da instituição, uma decisão criticada pela associação académica, que exige a sua remoção imediata.

Ao longo de 15 páginas estão os números e nomes dos alunos de licenciatura, mestrado e doutoramento que se encontram “em incumprimento e na situação de suspensão de matrícula e inscrição”, refere o documento.

A lista termina com a indicação de procedimentos legais com vista à justificação ou regularização das situações.

Pedro Bernardo, presidente da Associação Académica da UBI (AAUBI), considera que a listagem “deve ser de imediato retirada para que os estudantes não sejam expostos de forma desnecessária e abusiva”.

Aquele responsável alerta para o facto de muitos atrasos estarem relacionados “com dificuldades socioeconómicas” e com o facto de muitas famílias “estarem privadas do subsídio de férias” devido às medidas de austeridade no país.

O presidente da AAUBI considera que “existem outras formas para alertar os estudantes, sem uma exposição pública depreciativa. Não achamos que este seja um bom caminho para tratar estudantes ou qualquer outra pessoa”.

Pedro Bernardo pretende discutir o assunto com os responsáveis da instituição “na segunda-feira”, após os períodos de férias em curso.

Segundo refere, a publicação da lista “não é compreensível, depois de todo o trabalho meritório de apoio social prestado aos alunos por esta universidade”.

Sublinha mesmo que o prazo de pagamento de propinas “foi inclusivamente alargado até 7 de setembro, pelo que não se percebe esta atitude, a meio do verão”.

Só faz lembrar “a atitude das mercearias de antigamente, em que punham a lista de devedores na vitrina”, concluiu.

A agência Lusa tentou contactar o reitor da UBI e o serviço de relações públicas da instituição, mas tal não foi possível até ao momento.

 

(Texto: Agência Lusa)

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>