Imagem da Rainha Santa desceu à cidade a caminhar sobre um manto de rosas (com fotos)

Posted by

 

Poucos minutos passavam das 21H00 quando a imagem da Rainha Santa Isabel deixou o Mosteiro de Santa Clara-a-Nova para cumprir a tradição bienal de descer à cidade. No exterior do recinto, milhares de fiéis esperaram durante algumas horas para ver a imagem da padroeira da cidade.

“Este ano, está mais gente”, referiu ao DIÁRIO AS BEIRAS Ricardo Mota. Com o filho de três anos ao colo, vestido de anjo, este conimbricense vestia uma opa branca que, como manda a tradição, seguia a meio da procisssão.

À sua frente, e enquanto aguardava por vez, muitos fiéis aproveitavam para cumprir as suas promessas. Por exemplo, havia quem se preparasse para fazer o percurso de costas viradas para a estrada. Ou, então, de joelhos ou de gatas para, desta forma, satisfazer a promessa feita à padroeira da cidade.

Versão completa na edição impressa

8 Comments

  1. Abílio Ferreira says:

    O nome disto é idolatria.

    • Pedro Silva says:

      Eu gostava de poder dizer ao Ex.mo sr. Dr. catedrático e professor Abilio Ferreira
      " IDIOTA".

      tenho dito.

      Pedro Silva. Coimbra

  2. Pedro Duarte says:

    Senhor Abílio, era bom que soubesse respeitar a fé que muitos conimbricenses e portugueses têm pela Rainha Santa.
    Para sermos respeitados, teremos que saber respeitar os outros independentemente daquilo em que acreditam no seu percurso de vida.
    O respeito pelas opções religiosas ou de outra ordem é fundamental para a sâ vivência em sociedade.

    • A. Carvalho says:

      Senhor Pedro: sugiro-lhe que lei Deuteronómio, capítulos 4 e 5. Depois, já esclarecido, poderá opinar melhor sobre práticas que somente se apoiam na tradição, mas não Palavra Divina…

  3. Hugo Ferreira says:

    Havendo quem lhe chame idolatria, eu opto por chamar fé. A procissão de ontem (e tudo o que a envolve) é apenas um acontecimento que faz parte da fé que uma pessoa pode ter na Rainha Santa. Acho que a devoção que o leitor Pedro Duarte quis referir vai muito além da procissão bianual que é feitas nas festividades da cidade.

    • Maria Máxima Vaz says:

      O Pedro Duarte e o Hugo Ferreira merecem parabéns. Isto de estarmos sempre a classificar as atitudes dos outros, chama-se intolerância. Não é esse o caminho. Não nos compete avaliar. Que sabemos nós? Quantos crimes a humanidade já cometeu, por julgar ?! respeitemos … é só isso .

  4. Encarnação Guedes says:

    Eu só gostava de perguntar ao "senhor" Abílio Ferreira se alguém o chamou pra cá ou o obrigou a ver algo que não quisesse. Quando não me interessa algum assunto, pura e simplesmente não perco o meu tempo com esse assunto. Mas RESPEITO as pessoas que se interessam por esse assunto. No mínimo, este "senhor" Abílio Ferreira devia RESPEITAR as opiniões das pessoas…
    Também tenho dito.
    Encarnação Guedes. Figueira da Foz

  5. douglasdasilva says:

    em deuteronomio deus ordena varias vezes ao povo para não adorar imagens de escultura.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>