Opinião – Reflexões

Posted by

Luís Santarino

EDP – Ter 80 anos, tomar conta da esposa doente, ser obrigado a deslocar-se por dois dias a uma aldeia do concelho de Almeida, para abrir a porta a quem leia o contador de uma casa desabitada há alguns anos…é obra!

EDP 1 – Os serviços é que têm de resolver o problema. Ou arranjam transporte para o senhor, ou não conseguirão ler. Aliás, pelo tempo que está desativado deve pagar uma fortuna…está visto!

PEDRO PROENÇA – Tanto dizem mal dos árbitros portugueses que aí está a resposta. Lá como cá, a categoria é a mesma. Ainda que haja quem “borre a pintura”!

NOVAS TECNOLOGIAS – São determinantes no futebol. Deixou de ser uma modalidade para se tornar num negócio. Este deverá ser transparente. Claro que os comentadores não vão gostar, mas também com a qualidade que por aí anda…

PRESIDENTE VAIADO – Não augura nada de bom para o País. O triste espetáculo da falta de respeito para com o Primeiro Magistrado da Nação, apelidando-o de “gatuno”, significa que o País pode entrar em impunidade.

PRESIDENTE VAIADO 1 – Os erros de comunicação que cometeu pode pagá-los muito caro! Se fosse só ele, pouco me importava. Poderá é “levar-nos” todos atrás!

OPOSIÇÃO VS GOVERNO – Surgiu um indicador preocupante para o PS. As reservas dos emigrantes aumentaram cerca de 822 milhões de euros, um aumento de 17%, no mesmo período do ano passado – Janeiro a Março.

OPOSIÇÃO VS GOVERNO 1 – Será que esse aumento de reservas significará confiança no governo? Se assim for, cuide-se o PS, que se arrisca a ficar com pouca margem de manobra para o que aí vem após as férias de Verão.

CASA DA MÚSICA – Antes da participação de um workshop, tive oportunidade de tomar um café no bar. Em primeiro lugar, as pessoas são simpatiquíssimas; em segundo, quando pedi um copo de água, não me mandaram servir “ali ao lado”; em terceiro, o preço é de 0,70 euros.

CASA DA MÚSICA – Ah, já me esquecia, um jovem tocava piano…como qualquer um que saiba e queira. Ou seja, pago o mesmo num espaço de eleição, como em qualquer “coisa manhosa” onde muitas vezes tenho de entrar.

PROFESSOR MARCELO – …”coisas de auto estima” que não sabemos o que é em Portugal, disse! Não sabemos caro Professor? Olhe que sabemos! A que chama os sacrifícios que os portugueses fazem com esperança no futuro? Não será a maior demonstração de auto estima que conhece?

METRO MONDEGO – Continuo a ler algumas afirmações completamente descabidas. Esventrar Coimbra não é coisa que eu vá alimentar. Continuo absolutamente CONTRA. Coimbra é uma cidade diferente. Não a queremos estragar!

METRO MONDEGO 1 – Porque é que os que defendem essa coisa chamada metro mondego, nunca defenderam um referendo?

METRO MONDEGO 2 – Seria útil e recomendável um referendo para saber se os cidadãos de Coimbra o desejam. Percebo que alguns têm medo que não lhes seja favorável. Mas vá lá…não “se cortem”!

METRO MONDEGO 3 – Há discussões que não querem ter. A perspetiva futura da mobilidade na zona litoral não interessa discutir. Vá-se lá saber porquê! Cantanhede, Montemor-o-Velho, Mealhada, Mira, etc, não seriam localidades para entrar num estudo futuro? Sei que não vão reagir…mas está e fica escrito!

3 Comments

  1. Este senhor parece ter umas ideias claras, mas quanto ao copo de água deve pensar que é "menistro". Quer água, os cafés têm à venda. Se não quer, levante-se e sirva-se. Os funcionários têm outros clientes para atender.

  2. JORGE COSME says:

    Ó LUIS, NAO TE SABIA ANTI METRO, MAS TAMBÉM NÃO ME ADMIRA POIS SEMPRE ANDASTE À BOLEIA

  3. José Saraiva Veloso says:

    Esse Senhor idoso que corte o contador visto a Casa estar desocupada há varios anos. Mas Senhor Santarino em vez de dizer asneiras, ligue para o número verde a comunicar a leitura. Como o consumo é zero basta dar sempre o da ultima leitura.

    Senhor Santarino o copo de agua da torneira da Casa da Musica é gratis. Se lhe exigiram 70 centimos devia ter pedido factura e feito queixa a Asae por especulação…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>