Câmara de Coimbra divide serviço de refeições em oito lotes

Posted by

O executivo municipal aprovou ontem, por unanimidade, a abertura do procedimento concursal para o fornecimento das refeições escolares no próximo ano letivo.

Ao contrário do presente ano, e que deu os conhecidos problemas, a câmara optou por dividir o serviço em oito lotes, tendo a escolha tido por base os atuais agrupamentos em funcionamento. A saber: Alice Gouveia, Eugénio de Castro, Inês de Castro, Martim de Freitas, Rainha Santa Isabel, São Silvestre, Silva Gaio e Taveiro.

Cada lote apresenta um preço-base por refeição de cerca de dois euros, com o procedimento pré-contratual a ascender a quase 1,5 milhões de euros. A câmara, segundo a proposta ontem votada, fica responsável pela “cobrança das comparticipações a pagar pelos utentes da refeição escolar”.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*