Viagra mostrou que Licor Beirão rima com… coração (com vídeo)

Posted by

 

As plumas coloridas, decotes “qb” e saias bastante curtas foram a fórmula de sucesso das bailarinas Sara e Joana.

As duas nortenhas acompanharam o dj Viagra nesta primeira incursão deste profissional à cidade de Coimbra e, a julgar pela forma como foram recebidas pelos muitos estudantes que decidiram passar a noite na tenda do Licor Beirão, bem se pode dizer que a fórmula é para repetir.

Ajudadas pela música escolhida pelo disc-jockey (“portuguesa, de preferência”, frisou), Sara e Joana distribuíram muitos “beijinhos” e, quando colocadas perante a hipótese de serem tocadas pelos estudante, responderam sempre pelo politicamente correto.

Quanto ao nome Viagra, António (nome do bilhete de identidade) referiu que é uma homenagem a um medicamento que “dá adrenalina aos homens” e que, no seu caso, tem como efeito “animar todos aqueles que estão na pista de dança”. “O meu objetivo é colocar o pessoal divertidíssimo”, garantiu. Para o concretizar, Viagra recorre (e bem) às bailarinas já citadas. “Com elas em palco, eu sinto que a minha escolha musical é ainda mais bem recebida pelo público”, disse.

Perto das 04H00, a passagem de testemunho. Miguel Rendeiro, também ele do Porto, veio a Coimbra apresentar os seus 15 anos de carreira da música de dança.

Muitos sucessos da pista de dança fizeram parte da play-list deste disc-jockey que, desta forma, soube cativar a grande parte daqueles que, depois de terem dançado ao som de Quim Barreiros, quiseram terminar a noite na Tenda do Licor Beirão.

FacebookTwitterGoogle+LinkedInEmailPartilhar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>