Um morto e um ferido em despiste em Coimbra

Posted by

Um homem morreu e outro ficou ferido ao início da manhã de hoje, em Coimbra, devido a um despiste de uma viatura ligeira no centro da cidade, na rua dos Combatentes, disse fonte dos bombeiros. A vítima mortal, sentado no lugar do pendura, faleceu no local e o cadáver teve de ser desencarcerado, disse fonte da corporação de Bombeiros Sapadores.

O carro, um Honda Civic, despistou-se quando descia a rua, embatendo contra dois veículos ali estacionados, adiantou a fonte, indicando que o acidente ocorreu às 06H38 de hoje.

O condutor do veículo ficou ferido com alguma gravidade e foi transportado para o hospital.

No local, para além dos meios dos Bombeiros Sapadores, esteve uma viatura médica do INEM e a Polícia de Segurança Pública (PSP), que tomou conta da ocorrência.

 

Toda a informação na edição impressa do DIÁRIO AS BEIRAS de 2.ª feira, 5 de março

15 Comments

  1. Morrer na flor da vida, 24 anos, era meu sobrinho, nao tenho palavras para descrever.
    Manuel Joao

  2. André Martins says:

    DESCANSA EM PAZ VASKINHO

  3. combatentes says:

    Tenho muito desgosto que a camara e as autoridades não tenham dado ouvidos às constantes queixas dos moradores! Há cerca de dois anos um grave acidente deu-se ali albarroando todos os carrros estacionados e por sorte não morreu ninguém, Pra além de todas as outras vezes que as viaturas se despistavam e iam embater num muro que já foi reconstruido dezenas de vezes! Perguntem aos moradores! Fizemos várias queixas e tudo o que fizeram foi colocar um semaforo que só fica vermelho se alguem quiser atravessar, mas aquela descida exige outro tipo de segurança! infelizmente o inevitavel aconteceu, os meus pesames à familia, mas não consigo deixar de culpar as autoridades por não terem previsto isto apesar nos inumeros avisos!

  4. lamentamos muito a sua perda isabel

  5. cidadão says:

    Estas mortes são sempre de lamentar…mas a culpa, neste caso está definida: excesso de velocidade. E disso a câmara não tem culpa. O limite dentro das localidades é de 50km/h, e de certeza que estes não iam a essa velocidade!! Também será interessante, saber o resultado das análises do álcool e de drogas.
    Felizmente, que não apanharam nenhum inocente que ia no passeio.
    Mas como sempre…quem tem a culpa, são os outros…neste caso, a câmara municipal.

  6. uma cidadã says:

    olhe, sr. cidadão, eu não conhecia os moços, mas se o senhor em vez de estar para aí a cagar sentenças tivesse um bocadinho de respeito pelas famílias é que tinha juízo. a descida é, de facto, perigosa. as primeiras chuvas ao fim de seca severa transformam as estradas em verdadeiros ringues de patinagem. às 6h30 da manhã é natural que não haja trânsito e o limite de velocidade se exceda um pouco (vai-me dizer o senhor cidadão exemplar que anda sempre dentro dos limites de velocidade e nunca, mas nunca, valha-lhe Deus, transgrediu um!), e nada fazia merecer este desfecho! Ainda bem que não apanharam nenhum inocente, sim, mas eles também eram inocentes e jovens demais para irem assim. e talvez umas lombas na estrada não fizessem mal nenhum e ajudassem à prevenção e segurança rodoviária…
    Mas ainda bem que o sr. cidadão tem assim tanta facilidade em banalizar a morte de um jovem de 24 e os ferimentos graves de um jovem de 28. espero, sinceramente, sem a ironia que usei atrás, que nunca lhe aconteça a si ou a alguém da sua família. e espero também, que se alguma vez acontecer, não haja nenhum sr. cidadão tão pronto a cagar sentenças como o senhor.

    tenha um bom dia o senhor e a sua consciência…

  7. Pedro Cravo says:

    Quem já teve acidentes com estrada molhada, sabe qual é a sensação de sem aviso perder a direcção do carro e não poder fazer absolutamente nada para o conseguir segurar, é um desespero.
    Já não chovia há meses, a estrada está carregada de óleo de travões que numa descida como a em questão esta carregada…já para não falar no esterco da estrada e borracha dos pneus que por lá passam milhares de vezes por dia.
    Por isso Sr. cidadão "caga postas de pescada", tenha humildade para compreender a dor que as famílias estão a sentir e da próxima vez que fizer um juízo de valor sem fundamentos lembre-se que os azares não acontecem só aos outros…podem acontecer a qualquer um, nomeadamente a si…e juro que não desejo mal a ninguém, muito menos este sofrimento que as famílias estarão a passar.
    Descansa em paz Vasquinho e coragem para as famílias!

  8. eu tinha estado com o condutor poucas horas antes do sucedido, e fiquei em choque quando soube do sucedido, agora nao estejam ai a falar sem saber..
    o condutor não era rapaz de grandes aceleraçoes..
    so espero que o condutor, o luis, recupere e fique bem..

    descansa em paz Vasco, os meus sentimentos á familia.

  9. cidadão says:

    Mais uma vez, repito: LAMENTO A MORTE DE UMA PESSOA E OS FERIMENTOS DE OUTRA.
    No entanto, é mais fácil apontar os defeitos e as culpas a entidades como a câmara, e similares…do que ver o óbvio. A culpa ali foi excesso de velocidade. Ponto final. Mesmo que a estrada estivesse molhada (como estava), um despiste a 50 km/h não tinha este desfecho.
    Sim, será importante ver os resultados dos testes de alcoolemia e afins. Não vi aqui ninguém a defender campanhas de sensibilização contra os acidentes rodoviários à saída das discotecas. (sim, eles vinham de uma)
    Não quis ofender o nome de ninguém, mas as coisas têm que ser vistas tais como elas são.
    Um exemplo, na descida dos HUC pra Fucoli, todos os dias havia 3/4 despistes por dia…quando finalmente, os condutores perceberam que o problema é o excesso de velocidade…este numero reduziu. (sim, eu sei que a estrada está uma vergonha.)

    • Ncorreia says:

      Sinceramente nem sei que comentário fazer aquilo que vai por aqui dizendo… No entanto não consigo ficar indiferente. Quem nunca errou que atire a primeira pedra, e o meu caro cidadão parece-me ser exemplo disso, atira bastantes. É o exemplo perfeito para a nossa sociedade decerto que nunca errou. Tente manter-se assim durante muito tempo, mas cuidado, não saia de casa, não vá surpreender-se com alguma coisa que não se enquadre dentro dos parâmetros legais, morais ou éticos…

  10. Daniela Soares says:

    Gostava de saber porque razão este senhor cidadão faz questão de salientar o alcool e as drogas. Porque somos jovens sempre vamos para uma saida á noite temos obrigatóriamente de consumir drogas e alcool??? Sempre que existe um acidente a horas da madrugada é porque é algum bebedo e drogado? Para sua informação senhor cidadão eles vinham de trabalhar.
    Espero que o sr não passe por o que os familiares e amigos estão a passar neste momento porque ai o sr nao vai certamente pensar em alcool nem em drogas.

  11. combatentes says:

    sim senhor cidadão, culpam-se as entidades porque devem "prevenir"! por isso pagamos impostos, pra termos o máximo de segurança possivel. naquela rua sempre houveram INUMEROS acidentes, deixando os moradores inseguros, e portanto OBVIAMENTE que as entidades competentes deviam ter feito TUDO pra evitar que outros acidentes viessem a acontecer. ou acha que aquele semaforo apareceu ali por obra e graça de deus? nao, apareceu por insistencia dos moradores. eu nai estou a colocar 100% da culpa nas autoridades, muito menos porque é facil, mas repare: nao se pode simplesmente ilibar quem tinha mais do que conhecimento das preocupações das pessoas que ali moram, quem por dezenas de vezes recebeu queixas dos moradores, quem por dezenas de vezes foi chamado ao local depois da porcaria estar feita! sim, porque naquela descida há excesso de velocidade, seja de dia, seja de noite. Pois pergunto-lhe se lá alguma vez viu algum policia a passear, algum controle de velocidade? Não viu, porque nao ha! Obviamente que o condutor nao ia a 50 e obviamente que foi uma sorte nao ter apanhado ninguem no passeio, mas diga-me lá: é facil culpar apenas aquele que rouba, mas nao tera tambem culpa aquele que sabia que o outro ia roubar e nao fez nada?? Acho que voce culpa so o rapaz porque isso sim é mais facil! mais uma vez os meus sinceros pesames à famila, independentemente daquilo que originou este acidente estamos solidarios para connvosco.

  12. Pedro Pinheiro says:

    Ora então aqui vai a opinião de quem tem um carro igual e sabe do que fala…
    Apesar de não saber em que estado está a estrada em questão, eu vi fotografias do carro, e ele está a usar pneus de verão no eixo traseiro (já tive um conjunto igual modelo/marca) e sei que com qualquer tipo de húmidade eles cedem, deixam de ter aderência, e quase que aposto que o acidente ocorreu por despiste com deriva da traseira e não da frente (normalmente sai de frente em aceleração).
    Neste caso, e provávelmente por más condições da estrada houve uma desaceleração da viatura e posteriormente deriva da traseira por descompensação do peso do carro sobre pneus de baixa aderência… E atenção que para isso não é preciso grande velocidade (não estando a dizer que iam a cumprir) mas esse acidente não foi a grande velocidade.
    Continua…

  13. Pedro Pinheiro says:

    A principal deformação foi sobre a porta do passageiro, não estranhando assim a sua morte.
    Uma simples barra anti-apróximação poderia ter salvo esse rapaz, mas a polícia não permite dar segurança aos carros, nem arranja a estrada, temos de nos sujeitar à segurança que eles nos querem dar.
    Cumprimentos autoridades, cumprimentos estado

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*