Eu deputado: Desemprego

Mário Ruivo

Segundo o Eurostat a taxa de desemprego em Portugal atingiu os 14,5 % em Janeiro, mais 2,5 % face a Janeiro de 2011 e 0,2% ao mês anterior.

Quer dizer que em Janeiro havia 801 mil desempregados, representando mais 132 mil (+20%) que em Janeiro do ano passado e mais 10 mil (+1%) que no mês anterior.

Portugal tem a 3.ª taxa de desemprego mais elevada da UE27 (a seguir à Espanha, Grécia e igual à Irlanda) e o 4.º maior crescimento tanto homólogo (a seguir à Grécia, Chipre e Espanha) como mensal (a seguir à Grécia, Bulgária, Itália). A taxa de desemprego em Portugal cresceu mais do triplo que a taxa de desemprego na zona euro e mais de 4 vezes que em toda a União Europeia (em termos homólogos). O ano passado, em Janeiro, Portugal apresentava uma taxa de 12,3% sendo a 8.ª taxa de desemprego mais elevada.

São pois preocupantes os sinais sobre a evolução da economia, fruto da crise que afecta a Europa mas também da dificuldade do governo em promover políticas orientadas para o crescimento e para o desenvolvimento de medidas que incentivem a criação de emprego.

Mais preocupante é sentir, como tenho sentido de empresários do nosso distrito, que não existe qualquer vontade em travar esta espiral de crescimento do desemprego.

Na verdade, muitos desses empresários que estoicamente vão resistindo a esta onda de insolvências, e encerramentos, esperam apenas que o Governo promova alterações legislativas que lhes permita enfrentar as dificuldades e evitar o crescente evoluir do desemprego.

Permitir regularização mais faseada das dívidas ao Fisco, permitir que cada empresa possa efectuar a compensação entre o IVA a pagar e o reembolso pelo Estado ou proceder a administração pública à regularização das suas dividas são medidas que, segundo eles, permitiriam, em muitos casos, evitar o encerramento de muitas empresas e , com ele, agravar o desemprego .

Esperar de braços caídos não é seguramente um bom indicador do que nos espera.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*