Corporação de Bombeiros Voluntários de Montemor-o-Velho está em risco de pedir insolvência

Posted by

Foto Jot'Alves

Foi sob o signo do desespero que se celebrou ontem o 80.ºaniversário dos Bombeiros Voluntários de Montemor-o-Velho (BVMV). Na sessão solene, o novo presidente, Manuel Girão, anunciou que a corporação se encontra em falência técnica, admitindo poder vir a requerer a insolvência se não for encontrada uma solução nos próximos tempos.

Com uma dívida de cerca de 200 mil euros e com remunerações em atraso, a corporação corre o risco de ver o seu património penhorado. Manuel Girão espera, contudo, que a autarquia seja a tábua de salvação, através da aplicação de uma taxa municipal de Proteção Civil (1,5 euros/mês por agregado familiar), proposta pela direção do BVMV, e de apoio financeiro para saldar a dívida.

Versão completa na edição impressa

11 Comments

  1. era so o k faltava

  2. As declarações do sr. Presidente da associação dos Bombeiros Voluntários de Montemor-o-Velho, não correspondem á verdade, a associação esta a passar por dificuldades sim , mas não está assim tão mal e se essas dificuldades existem é devido á má gestão que aquela corporação tem vindo a ser vitima ao longo dos anos transactos.

  3. Carlos Ferreira says:

    Está lá agora mal… Já tiveram uma vez carros penhorados… Infelizmente parece que se vai repetir! A bem do socorro da população de Montemor… é bom que ponham mão nisto! A Câmara e o seu presidente também têm culpas. Afinal de contas, a lei é clara: O responsável máximo pela protecção civil no seu concelho é a Câmara e o seu presidente. Portanto se os bombeiros não responderem, a CM e o seu Presidente têm que se mexer.

  4. Mais um imposto para os municipes de Montemor? Isso é que era belo! Não há vergonha na cara? É bom mesmo que o Presidente da Camara ponha mão nisto, mas ponha a mão no sitio certo! Na pouca vergonha que é a gestão dos bombeiros! Milhares e milhares de euros enterrados naquela casa! Onde para todo o investimento publico? Espero sinceramente que se acabe de uma vez por todas com este sugadouro de dinheiro dos contribuintes! Não dou nem mais um tostão para a Camara Municipal ir enterrar nos bombeiros. Se não têm condições, fechem de uma vez por todas! Assim é que não!

    • Montemorense says:

      Caro Lopes, espero que nunca venha a precisar do apoio dos bombeiros. E quando precisar, que não o socorram só pelas declarações que aqui fez. Não desejo mal a ninguém, mas certamente se tiver um incendio perto da sua residencia, tenho 100% certeza a quem telefona. E claro se os BVMMV não tiverem € para o combustivel, melhor! Concordo plenamente com a aplicação de uma taxa por agregado, não tem mal nenhum. É certo que a corporação foi alvo de má gestão recorrente, mas então… quando é altura de comezainas aparece tudo e as pancadinhas nas costas, e vai tudo feliz e contente votar neles.

  5. Jorge Andrade says:

    E não pedem pouco… Existe algum sítio onde esteja publicado o orçamento bem como o controlo orçamental desta corporação? Quantos fogos existem no concelho? Multiplicando os fogos por 1,50€ pretendem ter lucro com a criação deste novo imposto?

    • Montemorense says:

      Mas quando toda a gente tá a aflita ligam para os bombeiros…. é tipico do portugues. Não quer ajudar, mas quer ser ajudado quando tá entre a espada e a parede.

  6. meus amigos eu tou no estangeiro e pago cerca de 80€ por ano pros bombeiros locais, obrigatório, e de certo k esse imposto n seria eterno.

  7. Nihil Sibi says:

    Será que mui nobres comentadores desta notícia têm noção que os Bombeiros de Montemor-o-Velho não se limitam a socorrer em caso de incêndio? Então e a emergência pré-hospitalar, socorro de doentes urgentes e não urgentes e salvamento e desencarceramento só para enumerar algumas das missões atribuídas. Certo é o facto de que tem havido uma gestão danosa dos fundos da Associação Humanitária nos últimos anos, que é causa da falta de atribuição de responsabilidades aos corpos gerentes. A minha sincera opinião é que este imposto proposto em nada contribuirá para o recuperar desta casa com 80 anos de existencia sem que haja um plano de recuperação com pés e cabeça. Para acorrer aos fogos estão os bombeiros, os corpos gerentes têm de perceber que não são bombeiros e não podem andar a tentar apagar fogos financeiros com esta estratégia.
    E sim, é verdade que a tutela municipal de protecção civil está na CM e no seu Presidente mas em caso de aprovação do referido imposto, será a CM a gerir a AHBV Montemor-o-Velho visto que financia a actividade?

  8. aspirante seteoito says:

    Cambada de ignorantes…não falem daquilo que não sabem!

    • João das Regras says:

      Então quer dizer que segundo a sua optica os BVMMV têm sido bem geridos?

      Posso-lhe garantir que gente arrogante, insensível e sem o menor respeito para com as pessoas que tanto dão aos seus concidadãos não podem ser competentes, algumas ouso mesmo dizer que tiveram comportamentos criminosos e olhe que eu sei do que falo

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*