Tribunal de Viseu decretou prisão preventiva para mulher de ucraniano morto no fim-de-semana

DR

A mulher do cidadão ucraniano encontrado morto na madrugada de sábado para domingo na cidade de Viseu foi ontem ouvida em tribunal, que lhe aplicou a medida de prisão preventiva, disse fonte judicial.

A mesma fonte escusou-se a avançar quais as suspeitas que recaem sobre a mulher, também ucraniana.

A Lusa contactou a Polícia Judiciária, que também não prestou informações, por o processo se encontrar desde segunda-feira no tribunal.

O casal vivia num prédio da Rua do Arco. Terá sido a própria mulher que, na madrugada de sábado para domingo, pediu ajuda.

Uma equipa do Instituto Nacional de Emergência Médica deslocou-se ao prédio, mas encontrou o homem já sem vida.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*