Sequestradores de empresário de Condeixa condenados por crimes de “terror”

Posted by

Foto de Luís Carregã

Os seis sequestradores do empresário de Condeixa, que mantiveram a vítima aprisionada durante quatro dias foram esta quarta-feira (18), condenados pelo Tribunal de Coimbra a penas individuais de prisão entre oito anos e meio e 11 anos.

A pena mais elevada foi para o raptor que apresentava maior cadastro anterior e que foi, também, responsável pelo arrendamento uma oficina na Lousã onde a vítima foi mantida em cativeiro. A única mulher do grupo, residente em Pombal, foi condenada a nove anos e meio de cadeia.

No final do acórdão, o juiz considerou que os crimes têm uma dimensão de “terror”.

Leia a versão completa desta notícia na edição impressa de 19 de janeiro do DIÁRIO AS BEIRAS

One Comment

  1. Todos os juizes haviam de ser como este porque so assim tavez deixa-se de haver tanta desgraça . E assim talvez houvesse menos mortos menos roubos menos crimes etc. os ladroes sabem que vao la dentro e depois acabam por sair em liberdade E A " JUSTIÇA"que temos__

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*