Experiência “defende” Coimbra nos transplantes hepáticos pediátricos

Posted by

DR

Depois de afirmar que pretendia criar um centro de transplantes pediátricos em Coimbra, o ministro da Saúde, Paulo Macedo, abriu também a porta para que Lisboa e Porto possam acolher o programa de transplantação hepática pediátrica.

Em Coimbra, os responsáveis ligados à área da saúde invocam a experiência adquirida – uma vez que até agora apenas em Coimbra foram realizados transplantes hepáticos pediátricos, até terem sido interrompidos, em junho do ano passado, passando as crianças a serem enviadas para o Hospital La Paz, em Madrid (Espanha) – para reivindicar que o programa de transplantação seja reativado na cidade.

Ao que o DIÁRIO AS BEIRAS apurou, a proposta do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) deverá ser entregue em breve ao ministro da Saúde, que até ao final de março decidirá que centro – entre Coimbra, Porto e Lisboa – passará a realizar os transplantes hepáticos pediátricos em Portugal, evitando que crianças e famílias tenham que se deslocar a Espanha.

Versão completa na edição impressa de 11 de janeiro do DIÁRIO AS BEIRAS

One Comment

  1. Henrique Costa says:

    Acho que está na altura de alguém fazer um levantamento da produtividade e custos totais da saúde em Lisboa, Porto e Coimbra para meter na ordem os lobbies na ordem! Esperava mais do ministro….

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*