Grupo de jazz IntErLúNio estreia-se com “L’Ennui Riot”

“L’Ennui Riot” é o trabalho discográfico de estreia do grupo de jazz luso-alemão IntErLúNio, liderado pelo português Ricardo A. Freitas, que a editora JACC Records apresenta hoje em Lisboa, no Festival jazz.pt.

O grupo, que apresenta composições da autoria dos seus membros, é formado por Ricardo A. Freitas (guitarra baixo), Gonçalo Lopes (clarinetes baixo e soprano), Eduardo Lála (trombone), Johannes Krieger (trompete) e Raimund Engelhardt (tabla, percussão), estes dois últimos de nacionalidade alemã.

Em termos de acompanhamento, o grupo apresenta a singularidade de englobar uma guitarra baixo electro-acústica em vez do “habitual” contrabaixo, e as tablas em substituição da bateria.

A estas opções não são alheias as influências musicais que os seus membros trazem para IntErLúNio, e dos percursos anteriores, pelo rock, pop, música erudita, indiana, mediterrânica, africana latino-americana, ou do experimentalismo contemporâneo.

Nesse espaço de múltiplas influências, surge “uma linguagem aberta com um fluir mediterrânico, laborando nas impurezas, sem lugar para exotismos, na procura de um discurso coletivo, pessoal, interiorizado e uno”, refere a jovem editora de Coimbra numa nota de divulgação.

O álbum tem o selo desta editora de Coimbra ligada à associação JACC – Jazz ao Centro Clube, criada com a missão de apoiar os músicos de jazz portugueses na promoção e divulgação de projetos editoriais

A JACC Records estreou-se em 2010 com “El Fad – Lunar”, de José Peixoto, galardoado com Prémio Carlos Paredes 2011.

Desde então já editou trabalhos de Spyros Manesis Trio, João Firmino Quinteto, Luís Figueiredo Trio, Banjazz, Lisbon Underground Music Ensemble, Desidério Lázaro, Afonso Pais, Paula Sousa e Faustino/Roder/Eberhard/Neuser.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*