Psiquiatria do Sobral Cid recolhe sem-abrigo problemático em Coimbra

Posted by

Arquivo - Carlos Jorge Monteiro

Um sem-abrigo do centro de Coimbra que já tinha sido considerado problema de saúde pública pelo respetivo delegado local dos serviços de saúde, foi internado, esta quinta-feira (17), no Centro Hospitalar Psiquiátrico de Coimbra (Unidade Sobral Cid) depois de ter dado entrado nas Urgências dos HUC.

Desta vez foi possível o seu internamento, ao contrário do que havia acontecido anteriormente, quando, por ordem do Ministério Público, foi feita uma avaliação psíquica que culminou com arquivamento do processo.

Há vários meses que comerciantes e residentes da baixa de Coimbra pediam uma solução para o caso de Anildo Monteiro.

Versão completa na edição impressa de 18 de novembro do DIÁRIO AS BEIRAS

3 Comments

  1. Até que enfim, já não era sendo tempo. É uma vergonha total o tempo que se demora a tirar uma pessoa, do estado que este cidadão se encontrava, sobrevivia. É desumano, tanta burocracia para umas coisas e tanta facilidade para outras…

    • É preciso que se saiba daquilo se fala. Não está em causa a necessidade de se arranjar uma solução social para a referida situação mas é preciso ter a noção de que o internamento numa instituição de saúde mental obdece a critérios específicos e não tem como função dar resposta a situações em que existe precariedade social. Além disso a dita "burocracia" diz respeito à Lei de Saúde Mental que determina o internamento compulsivo apenas no caso da existência de doença mental. Dito isto o que importa agora é que seja encontrada uma solução que permita o bem-estar deste cidadão, pese embora seja notório que, o que até aqui faltou foi uma resposta adequada do ponto de vista social.

  2. Finalmente… Já não era sem tempo. Este cidadão sobrevivia em situações desumanas.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*