Estudantes organizam recolha de sangue em Aveiro

Posted by

Arquivo - Jot'Alves

A associação de estudantes do Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Aveiro promove esta terça-feira (29), entre as 09H00 e as 13H00, uma recolha de sangue aberta a toda a população.

A iniciativa irá decorrer no bloco A da instituição de ensino e conta com o apoio da Associação de Dadores de Sangue de Aveiro.

3 Comments

  1. Como posso ser dador de medula óssea?
    Se tem entre 18 e 45 anos, 50 kg de peso (no mínimo), não é portador de doenças crónicas ou autoimunes e não recebeu uma transfusão de sangue desde 1980 e gostava de ser dador voluntário de medula óssea, compareça no Dia 10 de Dezembro (sábado) entre as 9h e as 13 horas.
    Decorrido o período de almoço, será retomado às 14 horas prolongando-se até ás 18 horas na Sede da ADASCA, localizada no 1º. Piso do Mercado Municipal de Santiago, fazendo-se acompanhar do B.I. para facilitar a inscrição. Não deixe de tomar o pequeno-almoço. Mais informações no site: http://www.adasca.pt ou via telef: 239 480 700 (Centro de Histocompatibilidade do Centro, ou pelos Tms: 967023502 + 964 470 432.
    Esta Campanha é realizada em Parceria com a Casa do Benfica de Aveiro e conta com o CEDACE de Coimbra.
    Após manifestar intenção de ser dador, deverá preencher um pequeno questionário clínico que será avaliado por um médico. Caso não haja nenhuma contra-indicação, vai ser chamado para fazer alguns testes. Se tudo estiver bem, os seus dados serão guardados numa base informática nacional e internacional.
    O anonimato e a confidencialidade são rigorosamente mantidos.

  2. ADASCA Promove a III Feira da Saúde no Dia 10 de Dezembro

    No dia 10 de Dezembro entre as 9 h e as 13 horas, a Associação de Dadores de Sangue do Concelho de Aveiro – ADASCA, vai realizar oficialmente a sua III Feira da Saúde, junto da sua Sede, localizada no 1º. Piso do Mercado MunIcipal de Santiago, em parceria com a Câmara Municipal local.

    A actividade desta equipa vai ter enfoque nas áreas de prevenção, rastreio, sensibilização e diagnóstico e pretende intervir a vários níveis, nomeadamente rastreios visuais, medições de glicémia, colesterol, tensão arterial, avaliação de índice de massa corporal (IMC) e postural e avaliações nutricionais e podologia, , preveenção sobre alcoolismo, entre outras àreas.

    À semelhança das iniciativas anteriores, tentamos acima de tudo, ajudar de forma gratuita e humana todos aqueles que, por razões socio-económicas, não têm acesso fácil a cuidados básicos de saúde, acções de sensibilização e rastreios.

    As nossas acções só são possíveis através do trabalho desenvolvido pelo Núcleo de Voluntários da ADASCA que participam nas iniciativas empreendidas, incluindo um conjunto de empresas num quadro de parcerias.

    Como se pode verificar no cartaz as áreas de Rastreios Gratuitos são diversas, incluindo Colheita de Sangue e um Rastreio para eventuais potenciais Dadores de Medula Óssea.

    Para além das empresas que constam no referido Cartaz Oficial, outras poderão participar desde que sejam de áreas diferentes, bastanto para o efeito entrar em contacto connosco.

    Mais informações:
    Telef: 234 338 018 (Sede) + Tm: 967 023 502
    Site: http://www.adasca.pt
    Blog: aveiro123-portaaberta.blogspot.com

    Organicação: ADASCA
    Parceiros: Câmara Municipal de Aveiro, Essua, Ergovisão, AveiroFM, Rádio Terra Nova, Openquest, Diário de Aveiro, Ergovisão, Gaes de Aveiro, Riaoptica da Costa Nova, Carda de Aveiro, Plural Designer, Centro de Histocompatibilidade do Centro e Habicuidados – Apoio ao Domicilio e Localvisão TV.

  3. Luz vai ser 4% mais cara no próximo ano

    por LusaOntem
    Luz vai ser 4% mais cara no próximo ano
    Fotografia © Paulo Spranger/ Global Imagens

    A factura de electricidade dos portugueses vai aumentar quatro por cento em 2012, o que representa um acréscimo de 1,75 euros numa factura média de 50 euros, divulgou hoje a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE).

    O aumento de quatro por cento hoje anunciado foi o valor proposto pelo regulador do mercado, tendo por isso recebido o parecer favorável do Conselho Tarifário, da Autoridade da Concorrência e dos serviços competentes das Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira, resultando do adiamento excepcional para os anos seguintes de cerca de mil milhões de euros bem como a introdução de preços de entrada nas redes a pagar pelos produtores, anteriormente paga integralmente pelos consumidores.

    A tarifa social, que vai beneficiar cerca de 666 mil clientes vulneráveis, vai ter um acréscimo de 2,3 por cento, representando cerca de 57 cêntimos numa factura média mensal de 26 euros já com o IVA de 23 por cento incorporado.

    Em relação aos restantes 4,7 milhões de clientes domésticos, o aumento das tarifas de venda a clientes finais para 2012 é de 1,75 euros para uma fatura média mensal de 50 euros, o que também já prevê a actualização do IVA para 23 por cento, adianta o regulador do mercado.

    Para a ERSE, os principais factores que provocaram um aumento das tarifas para 2012 estão relacionados com o custo da matéria-prima nos mercados internacionais, que se prevê superior a 25 por cento relativamente a 2011, os incentivos económicos dados à produção em regime especial (renováveis e co-geração), que serão atenuados pelo alisamento quinquenal e a evolução do consumo de energia eléctrica, em que se antecipa uma queda de três por cento relativamente a este ano.

    Em relação aos Custos de Interesse Económico Geral (CIEG), que impactam em mais de 50 por cento na factura de electricidade dos portugueses, a ERSE revela que este item tem uma "tendência acentuada de crescimento" desde 2000, mas que, em 2012 baixará devido "ao efeito da subida do preço de energia em mercado", factor que faz baixar o sobrecusto das renováveis e co-geração.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*