Dívidas da Câmara de Coimbra à Académica deixam atletas às escuras

Arquivo - Gonçalo Manuel Martins

Ainda muita tinta vai correr até que a gestão do Estádio Cidade de Coimbra (ECC) seja harmonizada entre a Câmara de Coimbra e a entidade que o gere: a Académica.

O último caso chegou ao DIÁRIO AS BEIRAS por via de uma carta do Clube de Veteranos de Atletismo de Coimbra (CLUVE), que se queixou de, na última quarta-feira (dia 2), não ter tido iluminação na pista do estádio para treinar.

Da parte da Académica, a resposta, via departamento de comunicação, é que “o assunto está a ser tratado nas instâncias próprias”, mas a verdade é que, neste caso, é a Câmara de Coimbra que tem de ser ouvida, já que a gestão da pista de tartã está a seu cargo.

Versão completa na edição impressa de 9 de novembro do DIÁRIO AS BEIRAS

4 Comments

  1. Dívidas da Câmara de Coimbra à Académica deixam atletas às escuras?
    Se for divídas da academica á camara de Coimbra é muito mais possivel.

  2. TB SOU ATLETA DA ACADÉMICA E NEM TD SÃO ROSAS!! PODERÁ SER DE UMA MANEIRA OU DE OUTRA , MAS QUE AS CONTAS DAS SECÇÕES HAVIAM DE SER ALVO DE AUDITORIAS… O SR VERADOR DO DESPORTO TB TERÁ ALGUMAS CULPAS NO "CARTÓRIO"

  3. NÃO SEI DE QUEM SERÁ A CULPA, MAS AS SECÇÕES DA ACADÉMICA DEVERIAM ESTAR SUJEITAS A AUDIOTRIAS EXTERNAS…

  4. Porque será que não se fazem ou não são obrigatórias auditorias a todos os clubes, associações desportivas, secções académicas & Cª. Ldª.?! Muitos dinheiro é transaccionado, entradas e saídas, mais que muitas, comes e bebes, igualmente e muitas outras coisas… A maioria dos clubes e associações desportivas, culturais e outras do mesmo género, nem contabilidade organizada têm, o que é intolerável e, ninguém impõe regras nestes casos… Porque será??!!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*