Cruz Vermelha de Quiaios continua encerrada por falta de viabilidade financeira

Posted by

A delegação da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) de Quiaios encontra-se encerrada desde setembro último, devido a problemas financeiros.

O presidente da Junta de Quiaios, Carlos Rabadão, adiantou ao DIÁRIO AS BEIRAS que a direção nacional não autoriza a reabertura, alegando um “défice elevado e crónico” e uma dívida de vários milhares de euros.

Não se dando por vencidos, os voluntários locais pediram apoio aos presidentes de Quiaios, Brenha e Bom Sucesso, freguesias onde a delegação operava. Carlos Rabadão e os seus homólogos fizeram “um estudo que concluiu que a estrutura é viável”. Mas falta incluir as despesas com as viaturas, entretanto levadas para a sede nacional, em Lisboa.

Versão completa na edição impressa do dia 23 de novembro do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*